A- A A+ Tamanho da Fonte

Um tamanduá-mirim foi encontrado na escadaria de um edifício no Centro de Dionísio Cerqueira. Após orientação da Polícia Militar Ambiental (PMA), o animal foi solto em área de mata pelos bombeiros, a cerca de 10 quilômetros da área urbana. Foram os próprios moradores do edifício que chamaram os bombeiros. O local onde o tamanduá foi achado fica na região central do município, próximo da fronteira com a Argentina. O prédio não era muito perto da mata. Antes da soltura foi feita a avaliação para verificar se o tamanduá não tinha ferimentos. Como o animal foi capturado à noite, ele ficou no quartel dos bombeiros até o dia seguinte. https://g1.globo.com/sc/santa-catarina/noticia/2020/03/09/tamandua-mirim-resgatado-em-edificio-no-oeste-de-sc-e-solto-em-mata-nativa-video.ghtml

Leia mais...

Um pesquisador da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) criou um protótipo de embalagem com óleos essenciais que pode ajudar a controlar a contaminação de maçãs durante armazenagem e comercialização pelo bolor azul. A doença é provocada pelo fungo Penicillium expansum, que apodrece a fruta após a colheita. O Santa Catarina é o maior produtor nacional da fruta. As perdas de maçãs por apodrecimento durante o transporte e a exposição nos mercados e domicílios dos consumidores podem chegar a 20%. A Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri) atualmente aplica diferentes estratégias para diminuir o problema. A pesquisa da embalagem recebeu menção honrosa no Prêmio Capes de Tese de 2019, o protótipo demorou três anos para ser desenvolvido. A pesquisa começou e foi finalizada na UFSC, mas uma parte do trabalho foi desenvolvida na Michigan State University, nos Estados Unidos. O trabalho indicou que os óleos de palmarosa, árvore-chá e anis-estrelado apresentaram os melhores resultados contra a doença. Óleos essenciais podem ser usados de diferentes formas contra diversos tipos de fungos. https://g1.globo.com/sc/santa-catarina/campo-e-negocios/noticia/2020/03/05/pesquisador-da-ufsc-desenvolve-prototipo-de-embalagem-para-proteger-macas-contra-bolor-azul.ghtml

Leia mais...

Dois filhotes de boto-pescador (Tursiops gephyreus) foram encontrados mortos em Laguna, a colisão em embarcações pode ser a causa da morte. O primeiro encontrado morto, era macho e tinha de 15 a 20 dias de vida, pesando 32 quilos e medindo cerca de um metro e meio. No corpo do filhote, havia sinais de trauma mecânico craniano na região temporal, estômago vazio e órgãos sem alterações.  Outro filhote macho da mesma espécie apareceu morto e tinha pouco mais de 30 dias de vida. Neste, também foram vistas marcas pelo corpo, de contato social e de atrito com as pedras, além de uma fratura de grande extensão no maxilar e desgastes na mandíbula. Após necropsia, ficou constatado que ambos apresentavam fraturas que podem ter sido ocasionadas por colisões com embarcações. O IMA (Instituto do Meio Ambiente do Estado de Santa Catarina) e outras instituições que integram o Plano de Ação Estadual para Conservação do boto-pescador, alerta os usuários de equipamentos náuticos. Pilotos de lanchas e jet skis devem evitar circular pelo complexo lagunar Santo Antônio dos Anjos-Imaruí-Mirim, e pelo Canal da Barra, em Laguna. Quando for necessário passar pela região, os pilotos das embarcações devem redobrar a atenção e obedecer a velocidade limite. O complexo lagunar é o local onde reside a população de botos-pescadores, estimada entre 52 a 60 indivíduos. Eles protagonizam um tipo de relação ecológica rara ao cooperar na pesca da tainha. Ao identificar os cardumes, os botos mandam sinais aos pescadores por meio do mergulho ou batendo a cabeça, indicando a presença dos peixes. Então, é só jogar a tarrafa. https://ndmais.com.br/noticias/colisao-em-embarcacoes-pode-ser-causa-da-morte-de-botos-em-laguna/

Leia mais...

DATA: 10/03 HORA: 08:30 LOCAL: Timbó Park Hotel  PROGRAMAÇÃO: 8:15 – Recepção e coffee 8:30 – Abertura 8:45 – Talk  “Parque Girassol – Educação Ambiental e valorização de resíduos” Fernando Tomaselli, Sandra Regina Batista, Kleber Renan de Souza Santos e Luciane Barth – Consórcio Intermunicipal do Médio Vale do Itajaí – CIMVI 9:05 – Talk "Projeto Ribeirão Mais Verde - Fossas Ecológicas" Paulo Roberto Ledra, engenheiro civil, secretário de Urbanização e Meio Ambiente de Indaial; e Sergio Feuser, engenheiro agrônomo da Secretaria de Urbanização e Meio Ambiente de Indaial 9:25 – Palestra: "ODS na prática das organizações"  - Elissa M. Retcheski, coordenadora geral do comitê Blumenau, do Movimento Nacional ODS SC 10:00 – Espaço aberto para esclarecimento de dúvidas 10:15 – Encerramento Público Alvo: representantes de organizações de todos os portes e segmentos – indústria, comércio, serviços – setor público, privado – pequeno, médio, grande porte – interessados no tema desenvolvimento sustentável. Objetivo do evento: tornar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável – ODS e a Agenda 2030 da ONU conhecidos, e estimular pessoas e organizações a movimentarem-se para que o desenvolvimento sustentável aconteça com mais força em Santa Catarina. Realização: Comitê Vale Europeu - formado em novembro de 2019 - abrange os municípios de Indaial, Timbó, Rio dos Cedros, Pomerode e demais cidades da região. Evento gratuito, com vagas limitadas.    Contribuição espontânea: contribua doando bens não perecíveis para o Lar do Idoso de Timbó - Ancionato Elze Benz. Sugestões - itens consumidos em maior quantidade: - alimentos: café, leite, óleo para frituras; - materiais de limpeza: água sanitária, sabão em pó e amaciante de roupas; - materiais de higiene: shampoo e aparelho de barbear. A lista é sugestiva, fique à vontade na sua escolha. SE QUISER SABER MAIS SOBRE O MOVIMENTO NACIONAL ODS SC: SITE https://sc.movimentoods.org.br/category/noticias/ FACEBOOK https://www.facebook.com/MovimentoODSSC/ INSTAGRAM https://www.instagram.com/movimentoodssc/?hl=pt-br TWITTER https://twitter.com/MovimentoODSSC LINKEDIN https://www.linkedin.com/company/movimentoodssc/   Newsletter – https://sc.movimentoods.org.br/assine-nossa-newsletter/   https://www.sympla.com.br/objetivos-de-desenvolvimento-sustentavel-na-pratica-das-organizacoes__781951

Leia mais...

Instituições

  • Assembléia Legistativa de Santa Catarina
  • Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul
  • CASAN
  • CELESC
  • CIDASC
  • Epagri
  • Escoteiros
  • FAPESC
  • Federação dos Trabalhadores na Agricultura de Santa Catarina
  • Fórum Catarinense de Comitês de Bacias Hidrográficas
  • Fundação GAIA
  • Universidade Regional de Blumenau
  • Instituto Ambientes em Rede
  • Instituto Federal de Santa Catarina
  • Instituto Noah
  • Policia Militar Ambiental
  • Rede Sul Brasileira de Educação Ambiental
  • Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável
  • Secretaria de Estado da Educação
  • Universidade do Estado de Santa Catarina
  • Universidade Federal de Santa Catarina
  • União dos Dirigentes Municipais de Educação
  • UNISUL
  • Universidade do Vale do Itajaí
  • UNOESC
Centro Administrativo do Governo | Rod. SC 401 - km. 5, nº 4.600
Florianópolis | CEP: 88032-900 | Telefone: (48) 3665-2000
Entrar

Acesse sua conta de usuário

Usuário *
Senha *
Lembrar de mim